Nostalgia

23 julho 2014


"É uma noite qualquer, esta tudo igual, eu estou aqui deitada, pensando no amanhã, ouvindo música, lembrando do que eu fiz hoje. Nada mudou. Porém hoje o sono não quer vir, e eu comecei a lembrar de você amor (sinto muito, mesmo sem estar contigo não consigo pensar em outra maneira de te chamar), lembrei daquele dia em que eu cantei uma música boba ao telefone e fiz você rir, você não parava de rir e eu acabei fazendo o mesmo, acho que passamos uma meia hora tentando falar e não conseguiamos por culpa do riso. Lembrei tambem de quando eu estava contigo naquele dia de chuva, ja estava tarde e era hora de nos despedimos.. Quando cheguei nesse momento de lembrança eu estava caindo no choro ao som de "Sonoha- Love is here" . Meu Deus como assim? Eu ainda sinto? 
Vivo dando conselhos á todos, e sou boa nisso... Já ajudei bastante gente com meus conselhos atrapalhados, e agora eu precisava da ajuda de alguem, e não tem ninguem.
Na realidade nenhum conselho seria bom o suficiente, eu não escutaria ninguem, porque a minha real vontade é largar tudo e ir correndo te ver, dizer que sinto sua falta e te contar que eu ainda tenho as nossas fotos, eu ainda escuto as nossas músicas.
Perai, acorda. Você está com outra, você namora, eu não posso mais fazer isso. Acabou.
Então eu desligo a música e fico ali, chorando baixinho, não quero que ninguem acorde, eu não teria como explicar o motivo do meu choro. Tento me distrair pensando que ja é tarde e amanhã será um longo dia. Tento dormir, mesmo querendo te ligar só pra dizer "Eu te amo, diga que sente o mesmo?! Diga que precisa de mim, tanto quanto eu preciso de você?!" 
Durmo com aquela sensação de leveza passageira por todo choro, toda lagrima que derramei.
De manhã voltei a ser a nova "eu", finjo que não chorei, arrumo meu cabelo, troco de roupa e sussurro pra mim mesma: Você é forte e linda.

Deixa pra lá, afinal esse é só mais um texto que você jamais irá ler..."

2 comentários: