Voltar a amar

22 março 2015

Ei silêncio, deixa eu terminar de falar. - Resmunguei daquele meu jeito mandona e carinhosa. E ele fez silêncio.
Sentados aqui no alto, com o sol batendo em seus cabelos, ele ficava muito mais lindo. Seus olhos castanhos, tão incríveis.
Diz meu bem. - Disse com aquele sorriso maravilhoso. Eu me apaixonava cada dia um pouco mais. Ele era o homem mais perfeito que eu já tinha conhecido.
Sabe eu estive pensando - me olhava como se estivesse maravilhado com algo, não me intimidei, continuei - no começo era só.. Mais um. Porém agora você é diferente de tudo. E eu nem sei se isso é bom, talvez nem seja. Mas eu precisava te contar. Você tem sido a minha pessoa preferida, minha companhia ideal, um verdadeiro sonho. Mesmo quando me pirraça, faz palhaçada, cada detalhe seu me fascina ainda mais. Esse seu jeito homem de ser, é maravilhoso. Até agora eu fui cheia de relacionamentos turbulosos e estou adorando essa calma que vem de ti. Tentei segurar, porque sempre que digo isso estrago tudo, só que não dá mais. Eu te amo, e sei lá, eu nem ao menos devia dizer, só que eu preciso. Então eu amo você, mais não é só assim, um simples eu te amo. Eu amo tua paciência, a maneira que faz com que eu me sinta uma menininha, a maneira que faz com que eu me sinta única, esse seu olhar, teu jeito de ser. Eu amo tudo, você por inteiro, cada particula do seu corpo e eu to cansada de esconder isso.
Despejei tudo em cima dele, sem pausas para vírgulas, sem espaços, falei rapidamente, se eu parasse por uma fração de segundo, aquilo iria me parar e eu não conseguiria terminar.
Ele ficou em silêncio, olhou para frente, uma expressão calma, pensativa. E eu do lado apreensiva, com medo.
Vi um sorriso surgir dos seus lábios, ergueu um pouco a cabeça e com o braço me puxou para perto. Encostei em seu ombro, enquanto ele me abraçava. Deu um beijo em meio aos meus cabelos e ficou com a boca próxima assim e sussurou - De certa forma meu bem, você é minha menininha e bom.. Até hoje eu não havia dito isso a ninguém mas, eu amo você. E eu não me arrependo, nem sequer por um momento. Eu amarei você sempre.
Depois que disse deu um daqueles sorrisos que só ele tem e me beijou.
O sol foi testemunha desse momento incrível, queria guardar aquilo para sempre. Porém não me abalava não, algo me dizia que ainda teria coisas maravilhosas para lembrar. O amor voltou ao meu coração, graças a esse homem lindo que estou beijando.

2 comentários:

  1. Não acredito que até agora não conhecia o teu blog , Meu Deus muito perfeito *-* , simplesmente ao ler tudo isso senti uma verdade tão grande e cheguei a me arrepiar dos pés a cabeça , adorei ! Valorizei e muito o teu texto ! parabéns linda ! Sucesso
    Beijoos
    http://vemmoda.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa você não tem noção de como seu comentario me fez bem! Obrigadaaa pelo carinho. Sucesso a Você também <3
      Beijos

      Excluir