Primeiro Ano ♡

06 junho 2015



Se preparem para um post quilometrico,  porque vocês sabem né,  Eu amo escrever até quando não tem necessidade,  imagina quando tem.
Como eu disse no primeiro post da série de aniversario aqui do blog,  Eu não imaginava enquanto estava de joelhos criando uma conta no Google,  Que isso iria tão longe.  Tanto que criei uma conta muito idiota "biaprado47@..... ".
Mas me lembro também que eu tive um surto de coragem e sai mostrando pra pessoas desconhecidas no Facebook.
As perguntas que eu mais recebi ao longo desse ano foi " como você contou para os seus pais?  Como a sua família descobriu? " Mas é bem simples,  Vou ensinar pra vocês.
Escrevam um post. Copiem o link.  Colem la no Facebook e apertem publicar.
O resto meus amores o Facebook faz.

Eu não imaginava chegar nem ao primeiro mês,  porque eu sou daquele tipo de pessoas que no começo é  farra,  festa e depois desiste por que é chato,  porque cansou e tudo mais.
Mas não foi assim e eu aprendi a acreditar naquilo que quero.
Eu sempre amei escrever,  Mas o fato de saber que alguém lê aquilo que eu faço me dá desespero.
Sempre tive pavor de apresentar trabalhos lá na frente de uma sala de aula lotada,  fazer uma peça de teatro na igreja,  dançar na frente de amigos.  E adivinhem só?!  Era sempre eu que escolhiam para começar a apresentação,  pra fazer a bendita peça ou qualquer coisa do tipo.
Escrever pra si é  uma coisa,  jogar as coisas na Internet sem se importar com quem vai ler...  É  outra bem diferente.
Eu aprendi a seguir em frente.  Aprendi que as vezes não tem problema em deixar os títulos pra depois.  E aprendi também que as vezes você se cobra sozinho.
Muita gente não mostra coisas desse tipo para os pais por que " sabem" que eles não a ceitariam.
Eu não sou a pessoa mais corajosa,  nem passo perto disso.  Mas nessa madrugada e até hoje mesmo,  foram os meus pais que me ajudaram.  A cada vez que eu surtava dizendo que desistia,  minha mãe dizia " calma,  Tenta de outro jeito." Sempre à  um outro jeito.
Tudo deu errado de ontem pra hoje. Computador quebrou,  câmera não ia,  não aparecia o vídeo no celular,  Eu não conseguia enviar,  não conseguia as fotos,  escrevi um texto legal que apagou sozinho.  Mas agora,  no finzinho do dia,  nos 45 do segundo tempo aqui estou eu. Eu me arrependeria pra sempre caso não tentasse.  Mas foi difícil tentar.
"Tem gente com problemas piores e blablabla" aprendam uma coisa,  Que eu aprendi, ninguém fala seus problemas querendo dizer " eu tenho problemas piores que todo mundo,  minha vida é  a pior ",  não gente.  Não mesmo.  Eu estou apenas contando o que aconteceu.
Antes de começar a escrever aqui,  Eu comecei a ler " A estrela que nunca vai se apagar" e eu chorei nas primeiras páginas.  Não por que a vida dela era ruim,  Mas sim porque eu vi que eu,  você e uma grande maioria desiste no primeiro problema.
Talvez esse seja o problema por tantos casamento acabarem,  projetos falharem.  Eu sei o quanto é ruim se sentir pequenininho,  parece que o mundo sentou,  cruzou os braços pra rir da sua cara.
Mas acredito eu que se a gente não levar uns tapas da vida de vez em quando,  nós não despertariamos.
Eu podia ter excluído a conta no primeiro dia e perdido as oportunidades,  as amizades e todas as coisas boas que o blog me deu.
Cada comentário que chegava (que chega) faz com que uma escola de samba reine no meu estômago.  Me sinto nervosa a cada vez que alguém diz que gostou do que eu escrevi. Eu comentei com uns amigos que isso é  melhor que aniversario de namoro.
É aquela sensação de "eu consegui!! ".
Essa é  a primeira coisa que levo até o fim, talvez por que essa seja a primeira coisa que eu queira de fato.  "Levo até o fim",  porque estamos no começo.
Meus textos não são os melhores,  minhas fotos não são as mais bonitas e o meu blog não é o mais famoso.  Mas eu sou apaixonada por esse degrau no meio do caminho,  esse cuidado pra não subir correndo e cansar no meio do c aminho.  Sou extremamente apaixonada por essa vida que eu criei.  E sou ainda mais grata por vocês que estão lendo esse texto de alguma maneira.
Foi o ano mais incrível da minha vida,  não porque eu viajei ou ganhei algo. Mas por que eu me descobri.
Até pouco tempo eu não sabia ao certo o que faria da vida.  Hoje eu sei.  Sei que sou apaixonada pelas palavras e é por elas que quero viver.
Sei que quero tentar de todas as maneiras chegar aos meus objetivos e acima de tudo,  eu sei que sou capaz.
Depois do primeiro surto de coragem que eu tive,  vieram milhares de outros.  De vez em quando me pego passando o blog pra um desconhecido que senta próximo a mim na escola,  esperando o sinal tocar.
Por culpa do blog eu  aprendi a não ter vergonha do que sou.
Lembro que conheci uma menina (Paula) e no terceiro ou quarto dia que conversamos eu contei a ela que escrevia um livro,  hoje nós nos tornamos muito amigas e até pensamos em escrever um livro juntas...
Eu perdi o medo e escrevi histórias.  Comecei um livro e me superei.  Hoje eu acredito em mim.

Ontem de madrugada ou hoje Dr manhã,  não sei,  fiquei meio perdida no tempo de ontem pra hoje..  A Shara me perguntou o que eu sentia sendo blogueira a um ano.  E como diz ela,  miiiinhhhha genteeeeee é  coisa de louco.

Queria agradecer a vocês por lerem minhas loucuras e acompanhar minha vida tão sem graça,  por comentarem e serem os leitores mais incríveis doo mundoooooooooo.

Espero melhorar ainda mais,  sei que do primeiro post pra esse,  bastante coisa mudou e eu dei uma melhoradinha,  espero melhorar ainda mais e poder trazer cada vez mais,  coisas legais pra vocês.

Além do vídeo recebi bastante mensagem me dando parabéns ( em nome do blog claro) e não da pra postar todas aqui,  Mas a Laura, parceira aqui do blog, deixou um recadinho...

"Bom gente eu acabei de fazer parceria com o blog e já tenho essa responsabilidade de escrever no #BDay4Estacoes e eu confesso que estou muito nervosa rsrs, mas vamos lá!
Primeiramente pra quem não sabe meu nome é Laura, tenho 15 anos, moro em Valença-RJ e sou dona do blog "Livros, Bagunças e Prateleiras!
Pra mim é uma honra e um enorme prazer poder estar participando de uma data tão especial como essa que é o primeiro aniversário do blog, me sinto muito feliz por poder estar compartilhando dessa alegria com vocês e com a minha "colega de trabalho" digamos assim rs, que antes disso é uma grande amiga que sempre  me escuta, me ajuda e é sempre tão paciente comigo e que mesmo nesse mundo da internet que é difícil confiar nas pessoas eu conquistei uma amizade verdadeira! Muito obrigada Bia!!! Obrigada pela confiança, pela atenção,  pela amizade, por tudo! E parabéns pelo aniversário do blog, pelo blog que está tão lindo! Te desejo mais e mais sucesso que o blog continue te trazendo cada vez mais felicidade! Um beijo grande, te adoro!!!
Ps: Precisamos nos encontrar pessoalmente heheh
#BDay4Estacoes #AmoMuitoTudoIsso
❤❤❤❤"

Obrigada Laura!!!!

E agradecer especialmente ao Bruno,  do canal " Fala Máximo " por ser o primo mais incrível do mundo e me salvar nas horas vagas.  Você realmente deve ser um super herói escondido ♡ Obrigada novamente por insistir nisso tudo e por ter dado o nome aqui do blog hahaha

Shara obrigada por criar a #( não sei como o nome disso) #BDay4Estacoes  haha

E Maeeeeee,  você é  uma super mãe ♡ Obrigada pelos desenhos e por me emprestar o celular pra fazer esse post possível.

E novamente a vocês leitores que leram ate aqui,  que me acompanham desde sempre,  que chegaram agora,  sinta se em casa.  Esse é apenas o início.


♡ Beijinhos.

6 comentários:

  1. Parabéns, que teu blog fique cada vez mais famoso e que seus sonhos se realizem e você seje muito feliz

    Um beijo

    http://minhamentebipolar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, eu desejo tudo em dobro a você *:

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Ain meu Deus "snif, snif" (dizem que isso significa choro) mas sério, que coisa mais lida esse vídeo, esse texto, essa blogueira.... Hahahaha Biaaaaaaaaa que loucura mulher (risos) mas no fim tudo deu certo graças a Deus e tenho certeza que a felicidade é maior, quando se é "desafiada" digamos assim, a fazer algo, onde tudo meio que vai dando errado, estou certa? Bom mulher, to mega feliz por tu, posso imaginar o quanto feliz tu está e que muitos e muito anos venham pela frente e nem precisa me agradecer, eu que estou honrada é ter ajudado, participado desse dia e se escreve "hashtag" kkkkkkkkkk e to ainda mais feliz por ter criado alguma coisa de útil na vida (risos) é isso #BDay4Estacoes hehe \o/

    www.tramaretro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simm é bem melhor quando somos desafiadas haha aquele sentimento de dever cumprimo é maaaaravilhooosoooo !!

      Excluir
  4. Eu fico impressionada a cada palavra que leio e sei que você é muito especial, pois no mundo de hoje, meninas da sua idade que estão se dedicando a projetos como este, estão de parabéns. Que Deus, seja sempre o mediador das tuas palavras e o motorista que guie sua vida, pois assim terá tudo de melhor. Beijos

    ResponderExcluir