16º Ê saudade

21 outubro 2015

A saudade daquilo que ainda não se teve. Saudade daquilo que está por vir.
A saudade é algo tão engraçado, você nunca sabe descrever a saudade. Diz que é sentir falta de alguem, mas e ai, o que você sente, enquanto sente a falta de quem ta longe?
Dói, o coração grita. Você pode escutar? Transborda pelos olhos. Você pode sentir isso.
Sempre sentimos saudade de algo, de alguém, daquilo que já tivemos um dia e hoje não temos mais.
Engraçado que saudade é uma palavra só nossa, devia ser usado em casos especiais. Dizer que sente saudades de alguém, devia ser importante.
Quando a saudade não cabe no peito, ela escorre pelos olhos e provoca tamanha tempestade.
Você o quer por perto, você quer segirar sua mão, você a quer sorrindo, você não gosta da distância que os separa, não gosta do tempo que corre demais e não deixa que vocês a encontrem.
Você sente o corpo encher, diz pra si mesmo que vai ficar tudo bem, mas lá vem ela de novo, a tempestade.
Os olhos enchem e a saudade vem, a vontade se mistura com esse sentimento triste e tão bonito e juntos eles formam o grupo mais triste e perfeito que poderia existir.
A saudade não cabe no espaço menor, é é grande e em circunstâncias nenhuma, pode ser domada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário