Parece que perdi o controle

30 dezembro 2015

As vezes nós fazemos o plano completo para algo, imaginarmos como será que vamos fazer, quando iremos, com quem iremos, tudo fica perfeito na nossa mente. 
A gente pensa nas coisas que precisaremos fazer para chegar até lá e tudo o que mais precisar, até ai tudo bem, mas chega uma hora que finalmente podemos realizar aquilo que sonhamos, a hora de botar a mão na massa, de fazer acontecer e ai parece que tudo perde o sentido. 
Algumas pessoas acham que aquilo não vai dar certo, acham que não vai ser bom pra você, dizem que é melhor você seguir outro caminho, andar para um outro lado, faça uma nova escolha, mas e nós? O que nós queremos?
Eu sei que nem sempre a intenção dessa pessoa é ruim, ela quer ver você bem, quer ver você tendo boas escolhas, seguindo bons caminhos. 
Chega uma hora que nós paramos e parece que perdemos o controle da vida, parece que perdemos o controle das escolhas que temos que tomar, bate um desespero né?! Um medo do novo, do diferente. Bate um medo de escolher errado, seja suas escolhas ou do outro, qualquer uma que escolher, vai vim com o medo de brinde.
Nessas horas da uma vontade de voltar correndo pra cama, se esconder debaixo de um cobertor gigante e não levantar mais. Dá vontade de fugir pra casa da avó que espera a gente sempre com um sorriso doce e os braços apertos, é eu sei.
Parece que não sabemos como agir, nossos sonhos antes tão firmes, agora estão quase se apagando, a gente não faz mais noção do que fazer.
Não sei como nós podemos resolver isso, não vim aqui trazendo uma solução, infelizmente, mas tentem pesar as coisas. Sempre dizem para seguirmos o que o nosso coração mandar, para lutarmos com unhas e dentes por aquilo que sonhamos, então façam isso. 
Olhem e vejam se aquela escolha que você tomou vai conseguir te levar para aonde você deseja de alguma maneira. Não fiquem tristes, não se deixem levar. Tudo bem fugir pra nossa cabaninha de cobertores, ir pra casa da avó em um fim de semana, chorar no colo da mãe dizendo a velha frase  "eu não sei o que fazer", sério, tudo bem mesmo. A única coisa que não podemos deixar pra lá, é nossa vontade de fazer dar certo, de sermos os melhores, de fazer as coisas acontecerem. 
Eu espero que esse ano vocês percam o controle da vida de vocês, que se percam nas opções, porque como dizem, é perdendo que se acha, mas eu espero que vocês jamais percam a fé, a vontade de viver e conquistar. 

Eu desejo muito mais do que um 2016 feliz. Eu desejo um 2016 louco, com risadas, loucuras, lágrimas (porque as vezes precisamos de um choque de realidade), que tenha amigos velhos e novos, que o tempo coopere com aquilo que vocês tenham que fazer, Eu desejo que vocês façam desse ano, um ano inesquecível.

Bia Prado.

Um comentário:

  1. Muito verdade isso, é difícil conseguir que outras pessoas acredite nos seus sonhos

    ResponderExcluir