Eu li: Métrica

01 fevereiro 2016

Hey gente, hoje eu vim pra falar sobre um livro que eu amo demais, assim como todos os outros que eu falo sempre, né?! hahahaha


Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Páginas: 304
Primeiro livro da série Slammed

Sinopse:“O romance de estreia de Colleen Hoover, autora que viria a figurar na lista de best sellers do New York Times, apresenta uma família devastada por uma morte repentina. Após a perda inesperada do pai, Layken, de 18 anos, é obrigada a ser o suporte tanto da mãe quanto do irmão mais novo. Por fora, ela parece resiliente e tenaz; por dentro, entretanto, está perdendo as esperanças. Um rapaz transforma tudo isso: o vizinho de 21 anos, que se identifica com a realidade de Layken e parece entendê-la como ninguém. A atração entre os dois é inevitável, mas talvez o destino não esteja pronto para aceitar esse amor”.

Resenha: Lake acabou de perder o pai recentemente, a mais ou menos seis meses e ainda está sofrendo bastante com a perda. Como se não bastasse, ela, sua mãe e seu irmão mais novo tem que sair do Texas que é a cidade onde ela sempre morou, onde tem todas as suas memórias e recordações para irem para Michigan.
É óbvio que ela odeia isso, largar tudo que ela ama para trás, pra ir morar em um lugar que ela não conhece não é nada fácil. Ou não era até ela conhecer Will Cooper, seu vizinho totalmente perfeito.
Para melhorar, Will tem um irmão da mesma idade do irmão de Lake, o que faz com que a aproximação deles sejam ainda mais fácil.
O livro é bem diferente pois trata de um assunto que raramente vemos em romances desses tipo: a poesia. Sim, isso mesmo. 
Não é poesia chata, muito pelo contrário, é uma poesia que faz até pessoas como eu - que não é tão fã de poemas, poesias e afins - ficar completamente encantada. 
É o nosso querido Will que nos leva a amar poesia, não só nós, mas Lake também. 
Apesar do romance ter tudo pra dar certo eles acabam enfrentando problemas que nós ficamos beeeeem na bad mesmo ahhahahaha.
Quando vemos o quanto Lake sofre, ficamos todos cheios de sorrisinhos ao ver Will chegar, mas o que nós não poderíamos imaginar é que a vida de Will tem tantos problemas quanto Lake, ou talvez até mais.
Não foi como um romancezinho qualquer, era maduro, racional, tinha dor, amor, esperança, te fazia rir e chorar, é perfeito.

Personagens: Protagonista: No começo Layken, mas conhecida como Lake haha me irritava um pouco. Apesar de sentir sua dor, também sentíamos que ela era um pouco emburrada, algo assim, mas com o decorrer do livro, ela amadurece muito e aprende a tomar as decisões certas. É muito bom quando podemos acompanhar o amadurecimento de um personagem. Já Will é totalmente fofo. Ele é muito maduro para idade que tem e carrega milhões de responsabilidades, mas faz isso com muito amor e claro, muita poesia.
Secundários: Kel e Caulder são os irmãos mais novos, confesso que tinha hora que eu nem sabia mais quem era irmão de quem hahah desculpem, mas sou péssima com nomes. Eles são bem espertinhos para idade deles e viram melhores amigos nos primeiro capítulos do livro. Não tem como não amar. Júlia mãe de Lake, que em certos momentos da história... Ual. Isso é tudo que tenho para falar hahaha

Finalizando: Li o livro em uma tarde, bem rapidinho mesmo e amei. Apesar de tratar de problemas pesados, ele flui e torna uma leitura bem mais fácil de se ter.

Beatriz Prado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário