Eu li: O Verão Que Mudou Minha Vida

05 janeiro 2016

Autora: Jenny Han 
Editora: Galera Record
304 Páginas 
5 Estrelas <3
Primeiro livro de uma trilogia.

Sinopse: A vida de Belly é medida em férias de verão. Para ela, todas as coisas boas só acontecem entre os meses de junho e agosto, quando está na casa de praia junto a Susannah, única e melhor amiga de sua mãe e uma espécie de tia, e seus dois filhos, Jeremiah e Conrad. Mais do que irmãos postiços e companheiros de férias, os filhos de Susannah tornaram-se o centro das suas emoções. A véspera do aniversário de 16 anos de Belly marca também o fim daquele que parece ser o último verão onde estarão todos reunidos em Cousins Beach.

Resenha: Belly, uma garota de quase 16 anos, sempre passa os verões na casa de praia de Susannah, melhor amiga de sua mãe, mas que também é como se fosse uma mãe para ela. Porém não é só a Belly que vai, seu irmão mais velho Steven também vai, lá eles encontram Jeremiah e Conrand, filhos de Susannah, seus amigos.
No começo a gente fica meio perdido, pois um capítulo é nos tempos atuais e o outro indo lá no passado para explicar algo, ou mostrar uma lembrança que seja, mas isso é ótimo porque a gente conhece mais a vida dos personagens.
O mais legal desse livro é que não se trata de um romance simplesmente, onde a gente tem a mocinha, o protagonista e todas as outras coisas que encontramos em livros assim, em o Verão que mudou minha vida, a gente encontra muito mais. A gente encontra a amizade, a família, os costumes, os medos e as perdas. É como se você virasse amiga da personagem e isso é incrível.
O final foi assustador, de uma maneira boa (ou triste), sério. Te faz querer pegar o próximo livro e ao mesmo tempo você fica morrendo de medo do que pode vim. E ao mesmo tempo você quer ligar para autora e perguntar qual é o problema dela hahahah. 

Personagens: Protagonista: Belly no começo me irritou um pouco, eu fiquei tipo (ahhh não, não quero uma personagem tão infantil.) Mas ela foi mudando de acordo com o passar do tempo, as vezes ela continuava meio irritante, mas tudo bem, dá pra levar. Ela é a caçula de tudo, então a gente entende um pouco o porque dela ser assim. Mas em alguns momentos você entende ela e começa a desejar a ser igual. 
Secundários: Conrad o irmão mais velho - a paixão de Belly - é um chato, gente sério, ele é muito chato e tudo bem que ele teve os motivos dele e blábláblá, mas eu não entendo como a Belly gosta dele. Já o Jeremiah é um amor, maduro, calmo, cuidadoso, ain dá pra trazer pra casa? 
Steven eu não posso dizer que tenho uma imagem sobre ele. Ele aparecia as vezes como o típico irmão mais velho que irrita e protege as vezes e tudo mais, mas não tem bem uma personalidade. 
Susannah é incrível, carinhosa, cuida de uma maneira meiga de Belly e dos seus filhos também, é a mãe que qualquer um deseja, principalmente Belly, não que a mãe dela seja ruim, ela é apenas fechada, mas tudo bem, a gente entende. 

Finalizando: É um livro calmo, que te faz ler bem rápido e por incrível que pareça eu dizer isso, ele te faz amar o verão! Sério, você fica pensando em como é bom, aquele clima calmo, aquela coisa que não dá pra explicar, mas é muito bom. 
Não é um livro que faz você ficar mal pelas revira voltas, só te faz conhecer e amar os personagens! 


Beatriz Prado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário