BEDA #24 Eu li: O Ar Que Ele Respira

24 abril 2017

Oi, como vocês estão?
Eu estou bem feliz, que esteja conseguindo voltar a trazer resenhas pra vocês aqui no blog! Dessa vez trouxe a resenha de " O ar que ele respira" que foi muito bem falado há uns meses atrás.


Sinopse: O novo romance da autora de Sr. Daniels. Como superar a dor de uma perda irreparável? Elizabeth está tentando seguir em frente. Depois da morte do marido e de ter passado um ano na casa da mãe, ela decide voltar a seu antigo lar e enfrentar as lembranças de seu casamento feliz com Steven. Porém, ao retornar à pequena Meadows Creek, ela se depara com um novo vizinho, Tristan Cole. Grosseiro, solitário, o olhar sempre agressivo e triste, ele parece fugir do passado. Mas Elizabeth logo descobre que, por trás do ser intratável, há um homem devastado pela morte das pessoas que mais amava. Elizabeth tenta se aproximar dele, mas Tristan tenta de todas as formas impedir que ela entre em sua vida. Em seu coração despedaçado parece não haver espaço para um novo começo. Ou talvez sim.

Resenha: Nesse livro vamos conhecer Tristan e Elizabeth, ambos tem seus dramas pessoais e por mais diferente que eles sejam, eles carregam uma coisa em comum: A dor de ter perdido alguém que amavam muito.
Elizabeth perdeu o marido e tem que cuidar da filha, com isso acaba ficando um ano na casa da mãe, mas sente que está na hora de voltar para sua casa, sua rotina, seu antigo trabalho e fazer as coisas voltarem a dar certo. O que ela não esperava, é que ela teria que se acostumar com um vizinho bem esquisito, que não cuida da própria aparência, que não liga para nada do que os outros dizem e que é muito grosseiro com as pessoas.
Temos o ponto de vista de ambos e podemos entender um pouco o romance, as dores, as coisas que os levam a tomar certas atitudes.
Ele sempre tenta ferir as pessoas com a maneira que fala, tenta sempre afastar qualquer tipo de afeto, isso fica bem claro.

O livro é cheio de dor, você consegue ver que a autora quis realmente mostrar a parte dolorosa de tudo, mas infelizmente eu não consegui me apegar muito.
Eu estava numa fase bem ruim, e estava com as expectativas enormes pra esse livro desde que foi lançado, mas acho que pelo fato de não estar muito legal, eu acabei não conseguindo me envolver tanto com a história.
Mas é um livro muito bom, trabalha a perda, a recuperação, a amizade e os recomeços.
Gostei bastante dos personagens secundários também, na verdade gostei dos personagens em si, porque era como se eu realmente pudesse ver todos eles.

Já comprei o segundo e espero aproveitá-lo de uma maneira melhor.  Assim que eu ler, trago resenha dele pra vocês também.

Beijinhos.

2 comentários:

  1. Quero muito muito muito ler esse livro, mas como estou desejando tanto, quero tê-lo em físico aí to esperando encontrar por aí haha <33

    xox
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também quis ter o fisico pra começar a ler <3
      Espero que goste!!

      Xoxo

      Excluir