BEDA #29 Eu li: After

29 abril 2017

E aqui estamos nós para mais um livro que me deixou divida entre gostar e odiar. 
Ganhei esse livro em 2015, quando eu ganhei não sabia do que se tratava, nem da onde vinha, não sabia nada, só deixei na estante até a semana retrasada, que foi quando eu resolvi ler. 
Óbvio que depois eu acabei ouvindo mais ou menos sobre o que falava, mas nada demais. 


Sinopse: Depois de bater a marca de um bilhão de acessos na plataforma de leitura Wattpad ao transformar os integrantes da banda One Direction em personagens de uma história de amor sexy, a série After vira livro e promete ser o novo fenômeno editorial. No primeiro livro, Tessa, de 18 anos, sai de casa, onde mora com a mãe, para ir para a faculdade. Até então sua vida se resumia a estudar e ir ao cinema com o namorado doce que conheceu ainda criança. No primeiro dia na faculdade, onde ela passa a dividir um quarto com uma amiga que adora festas, Tessa conhece Hardin, um jovem rude, tatuado e com piercings que implica com seu jeito de garota certinha. Logo, no entanto, os dois se envolvem e Tessa, que era virgem, vê sua sexualidade aflorar. Hardin é inspirado em Harry Styles, um dos membros do One Direction. Os outros quatro músicos da banda Zayn, Niall, Louis e Liam também viraram personagens na trama. Tessa logo descobre que Hardin possui um passado cheio de fantasmas e os dois começam um relacionamento intenso e turbulento. Depois dele, ela nunca mais será a mesma. Os livros nasceram como uma fanfic do One Direction, a banda estrangeira mais popular na atualidade.

Tudo começa quando Theresa - mais conhecida como Tessa - vai para a faculdade. Ela é aquela tipica personagem certinha, meio sem sal, que tem tudo da sua vida extremamente planejado. Ela tem uma mãe muito exigente, que faz com que ela também se cobre muito. Também tem um namorado que parece sei lá, seu melhor amigo, no máximo. (Tô tentando não colocar minha opinião por enquanto, mas que personagem chato, meu Deus!) e tudo corre muito bem. Ela está super ansiosa para aproveitar todos os dias que terá na faculdade, estudando muito e se dedicando a tudo.
Ela só não contava que ficaria no quarto de uma menina que é o seu oposto. Que sai todos os dias, gosta da bagunça e é tudo que ela não é, e pra melhorar tem um amigo que acaba mexendo super com a nossa inocente Tessa.
Hardin é o famoso bad boy, aqueles que a gente já está cansada de conhecer. O cara gostosão, maravilhoso, cheio da tatuagens, fechado que trata todo mundo mal provavelmente por algum trauma de infância. Ele é extremamente irritante em alguns momentos (Já estou dando minha opinião de novo).
Acontece que eles começam a se envolver e ai acaba virando a relação mais ioiô que eu já vi na vida.
Eles ficam, se irritam, brigam, ele é um babaca, ele magoa ela, ele é um babaca de novo, ela perdoa, eles se pegam e lá vamos nós de novo.
Agora podemos começar com a minha opinião. O livro me arrancou alguns sorrisos, me fez ler tudo muito rápido e apesar de ter mais de 500 páginas, eu consegui ler muito mais rápido do que eu imaginava. A autora escreve de um jeito gostoso de ler e leve ao mesmo tempo, então por esse motivo não é todo o ruim.
Agora o que me incomodou muito é que a personagem é super submissa ao cara, sério. "Quero quebrar a parede" "Oh meu bem, tudo bem. Eu vou ficar quietinha aqui e te esperar voltar". Isso me irritou muito. Outra coisa que me deixou até mal, foi que ele é muito abusivo. Um cara cumprimenta ela "O que você tá fazendo? Porque tá falando com ele? Você quer ficar com ele?" Tipo OIIIII? E tudo é sempre justificado com a "insegurança" dele e pra quem já viveu um namoro abusivo ou já estudou algo, sabe que não é legal assim. Sabe que não é bonitinho e que não faz bem.
Ufa, posso respirar de novo.
O fim do livro vai te deixar bem de queixo caído. Eu realmente não esperava o que aconteceu no fim e ainda quero ver quais serão as "explicações" da autora para os temas, então é provável que eu leia pelo menos mais um e ai volto pra contar se minha opinião mudou ou se continua a mesma.

E vocês, já leram? O que acham desses assuntos?

Beijinhos.

16 comentários:

  1. Olá,

    Adorei a resenha!!! Me deu aquela vontade de me o livro. Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  2. Fiquei bastante curiosa pelo livro, realmente não é bom a mulher ser muito submissa, um homem que é muito abusivo não é bom. Ainda não li o livro, mas achei a história um pouco irritante por causa dos assuntos, mas mesmo assim fiquei bastante interessada pelo livro, bjs.

    ResponderExcluir
  3. Lendo sua resenha fiquei bem curiosa em conhecer mais do livro. Parabéns pelo seu blog e Sucesso

    ResponderExcluir
  4. O livro parece ser bom pelo que li na resenha talvez eu o coloque na minha lista de livros para comprar , mas muito bom parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  5. Lendo sua resenha me deu muita curiosidade de ler o livro,parece o tipo de quanto mais se ler mais se "entra" na história.

    ResponderExcluir
  6. Nossa que interessante. Nunca tinha visto uma fanfic virar livro.
    A historia parece ser bem envolvente ! Ótima resenha :)

    xx

    ResponderExcluir
  7. Olá! ótima resenha. Eu já li esse livro e gostei bastante. Beijos!
    www.brincandodeolivia.com

    ResponderExcluir
  8. Oii!! Parabéns pelo seu blog. Preciso admitir que eu achei o tema bem surpreendente e criativo. E achei interessante que primeiro tava no Wattpad e depois virou livro. Quanto ao livro e trama eu também me incomodaria pela protagonista ser submissa. Normalmente os livros que chamam minha atenção são de mulheres fortes e que falam por si. Boa resenha. Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, sou muito mais fã de livros onde as personagens são mulheres fortes também ❤

      Excluir