Maratona de romances policiais: #4 A Caça

01 setembro 2017

Oi gente!

Indo para a nossa quarta resenha da maratona de romances policiais, temos... A Caça, de Jussi Adler-Olsen.

Resultado de imagem para a caça capa livro

A Caça - Jussi Adler-Olsen
Editora Record
462 páginas


Sinopse: Ao retornar das férias, o detetive Carl Mørck, do Departamento Q, encontra em sua mesa os arquivos do caso Rørvig. O caso não havia sido encerrado? O assassino dos dois irmãos mortos na casa de veraneio não se entregara nove anos depois do crime? Quem teria colocado aqueles arquivos ali? Alguém parece querer que o caso seja reaberto e Carl Mørck morde a isca. 
As pistas que encontra levam o detetive à alta-roda, ao mundo do mercado de ações, da indústria da moda e da cirurgia plástica. E também às sarjetas mais imundas e sinistras de Copenhage, onde conhece Kimmie, uma moradora de rua atormentada por vozes e que precisa roubar para viver. Kimmie parece estar sempre fugindo. E de fato está. Três poderosos homens estão atrás dela e não medirão esforços para encontrá-la, pois Kimmie parece saber algo capaz de ameaçar o futuro deles. Algo que pode ter a ver com o caso antes encerrado, mas que, infelizmente para os três, acaba de ser reaberto pelo incansável detetive Mørk. 

Por um erro de não ter lido mais sobre o livro, apenas ter ido ler pela capa, descobri que esse na verdade é o segundo livro em que o protagonista, Carl, aparece (O primeiro se chama "A Mulher Enjaulada"). Bom, mas tudo bem, porque pelo o que vi, a leitura do segundo livro não tem relação nenhuma com a do primeiro livro, então respirem, vocês podem ler na ordem que quiserem. Uma leitura não interfere a outra.

Com isso dito, vamos lá - Carl Morck, um detetive investigativo da polícia, trabalha no Departamento Q, uma espécie de arquivo morto, onde casos já fechados são reabertos para investigação. Em um belo dia, ele chega ao trabalho e encontra em sua mesa os arquivos de um caso fechado de muitos anos atrás, em que dois irmãos foram mortos dentro de casa em uma cidade pequena. Indo atrás daquelas pistas, ele descobre que há algo errado, algo que na última investigação foi deixado passar, e com os envolvidos no crime sendo homens ricos e poderosos, o caso vai ficando cada vez mais claro e mais enigmático para Carl. Ao mesmo tempo em que ele tem a sensação que quem teria matado os irmãos ainda está lá fora, Carl descobre que mexer nesse mundo, de ricos e poderosos, pode ser perigoso.

E indo atrás das pistas e das pessoas envolvidas, ele descobre aos poucos como tudo está ligado. No caso, foi isso que eu achei mais interessante - o fato de uma coisa sempre levar a outra mais surpreendente ainda. Uma revelação quer dizer outra, que leva a outra, e outra surpresa, e meu Deus, foi só surpresas nesse livro.

O clima do livro é dado de várias formas, pois é em terceira pessoa e cada capítulo foca em uma figura pertinente pra história. As revelações vêm de várias formas, ora dadas por outros pontos de vista, ora pelo próprio detetive do caso. Às vezes, até os próprios suspeitos.

Eu me apeguei muito ao Carl - que não tenta ser o herói, sabe? Deixe-me explicar, muitos romances policiais têm um policial herói, aquele que não dorme sem salvar a mocinha, aquele que quer derrotar o mal a qualquer custo. Bom, mas nesse livro, Carl é um homem normal, com medos, receios, vontade de fugir de tudo (quem nunca?) e sim, ele quer ajudar, ele quer insistir, ele quer descobrir a verdade sobre tudo, mas no caso, ele vai se surpreender com as revelações que vai ter, pois nesse livro não temos o assassino horrível, psicopata - tá, tem isso, mas temos também o sistema. O que eu quero dizer com isso é que, ele vai ver que quem está por trás disso também é o sistema. Ele vai ter que lutar contra algo maior, e quem não teria medo disso, certo?

Enfim, não posso dizer muito mais porque é spoiler.

Essa belezinha de livro me rendeu uma leitura muito boa, espero poder ler o primeiro livro em breve e me encontrar com esse protagonista tão real.

Vocês gostaram da resenha? Leriam?

Me contem o que acharam <3

Beijos de amor.




Um comentário:

  1. Olá, tudo bem? Amei sua resenha, me deu uma super vontade de ler o livro!! Beijos

    ResponderExcluir